27 de set de 2006

Faltam 3 dias!!!!

(Atenção, long post!!!)

Bom, tudo acertado para as festinhas de sexta e sábado, e provavelmente de domingo para encontrar a Prima Lú... Agora estou menos inquieta e ansiosa... agora é só esperar os 30 chegarem...
____________________________________

Hoje não tenho muitas novidades, o trabalho anda pipocando por aqui e várias "issues" andam atormentando a KGB. Esta semana teremos que entregar uma revisão dos nossos postos, isso quer dizer, colocar no papel exatamente aquilo que a gente faz... Pode ser uma oportunidade ou uma grande cilada, ainda não sei, quem sabe mais pra frente eu consiga avaliar melhor...

Recebemos também a notícia de que teremos que "obter o Inglês ou o Francês" como segunda língua, com proficiência. Isso quer dizer que muita gente aqui vai ter que fazer cursinho, porque não fala ou fala o básico do inglês principalmente... Essa que vos escreve, até que fala e escreve, mas proficiência não tem não! Nesse caso, vou ter que fazer matrícula em alguma escolinha da cidade.

Meu único problema é que ODEIO aulinhas de inglês, esses métodos que ensinam nos cursinhos são chatos, repetitivos e não levam em conta o dia-a-dia doido que a gente tem... Não tem cabimento essa coisa de "Homework", "Composition" feitos em casa.... Não dá!!!! Mas, se eu quero manter o emprego... então tenho que fazer isso,né! E o pior de tudo é que eles não vão pagar, quer dizer, eu vou ter que desembolsar essa grana!!!!!
_________________________________________
Eu nem contei pra vocês, porque estava na verdade, digerindo a história toda ainda... Agora acho que já posso contar:

Tenho, ops, tive uma amiga, que era amiga, muito amiga desde o segundo grau, fazia parte de um grupo muito querido de amigas. E ela em particular foi uma grande companheira, principalmente no semestre que morei sozinha aqui e nos momentos "pré-namoro" com o marido, que foram complicadíssimos e duraram quase 2 anos... (mas essa história é complicada, conto outro dia!)

Continuando, quando eu enfim comecei a namorar o marido, claro, fui correndo contar pra ela, porque tinha sido ela que me acompanhou e acreditou no futuro da relação sempre. Só que, ao invés de ficar feliz por mim e comigo, ela surtou total, me disse um monte de coisas no telefone, coisas que me deixaram muito decepcionada, triste e magoada... E desse dia em diante, ela, que falava comigo umas 15 vezes ao dia, não me ligou mais.

Eu deixei pra lá, triste claro, chateada, mas deixei o tempo passar... Um certo dia, numa festa de amigos em comum, ela veio e conversou conosco (eu e o marido) a noite toda, como se nada tivesse acontecido. Eu fiquei feliz, achei que enfim a "bobeira" tivesse passado. Só que comentando com a dona da festa no dia seguinte, descobri que ela achava que falar comigo tinha sido "uma boa ação"!!!! Fiquei muito indignada e depois desse dia, não fiz mais questão de contato com ela.

No ano passado, o pai dela faleceu, e como eu adorava muito a familia toda, fui lá e dei o maior apoio à todos e, porque mamãe me ensinou ser boa, principalmente para ela. Nas semanas seguintes fiz questão de ligar para ela e ver se ela estava bem, se queria conversar, coisas assim... Porém, ela mais uma vez me distratou, se mudou, não deixou telefone nem endereço e ainda chamou os amigos comuns para conhecer a casa nova e não me chamou... Mais uma vez eu me prometí que não iria mais procurar essa pessoa, que só me faz mal! E realmente não procurei... Até para se ser bom tem um limite nessa vida!!!!

Como parte do "Inferno Astral" que me assola este ano, recebi uma mensagem dessa pessoa no Orkut, dizendo que estava com muitas saudades de mim e que se eu fosse fazer alguma coisa no meu aniversário que ligasse pra ela. Imaginem o meu espanto!!!!!

Por isso, fiquei pensando, será que eu tenho cara de trouxa? Será que tá escrito na minha testa que podem pisar em mim, me maltratar, que tá tudo bem??? Será que as pessoas fazem as bobagens contando com a bondade dos outros pra perdoar??? Será que essa pessoa é doida, ou ela realmente acha que depois de tudo, e convenhamos, eu fui bem boazinha, eu chamá-la para qualquer uma das minhas comemorações??? Ah... não mesmo, me desculpem, mas minha época de garotinha idiota já passou...

Beijos aos amigos verdadeiros que eu encontrei por aqui!!!!

2 comentários:

Carol disse...

Sabe que uma história parecidíssima com esta aconteceu comigo certa vez? Se bem que eu devo ser imã de gente sem-noção que não presta, porque eu vou te contar... se tiver um sem-noção na área, o carrapato vai querer virar meu melhor amigo de infância, pode?
Como diz aquela odiosa música baiana: na casa do Senhor não existe satanás, xô satanás!!!!

Quanto a nova exigência da KGB, estou apoiando em gênero, número e grau! Ah, fala sério, estou cansada desses vexames em reuniões e workshops. Nego mal fala português, quem dirá inglês. Fora que meu chefe ainda vai dar um jeito de que me paguem para voltar pra Aliança Francesa. ;-)
Bjo!

Avassaladora disse...

Que bom que você tem um chefe que faz isso pra você!!!!
O meu já está pagando por fora um curso caríssimo...

  © Free Blogger Templates Blogger Theme II by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP