26 de jan de 2011

Tentando compensar o tempo perdido...

Nossa, me dei conta que, desde que a Cecília nasceu eu não fiz um post decente nesse blog. Uma vergonha total!!!! Mas os dias passam depressa quando se tem duas crianças e quando se está envolvida com tantas coisas... então, vamos de pontinhos:

- Voltamos pra casa e está tudo praticamente no lugar. Só não tem lugar o quê não tem como guardar, tipo livros, roupas de cama e papéis...
- Depois de um momento stress com o pessoal da vidraçaria, os dois banheiros tem box e um deles espelho. O outro não entendi porque o marido não mandou fazer, mas isso é o de menos! Agora falta apenas a película nas janelas da suite para que possamos tomar banho sem "dar show" para os vizinhos...
- Já contactei o marceneiro e acho que fizemos uma boa escolha, além disso, vou pedir também uma ajuda para a minha prima/arquiteta para pensar no desenho dos armários por dentro, pra não me arrepender depois. Ele me prometeu os primeiros esboços para a semana que vem, vamos ver se é pontual e se tem um preço real...
- Esta é a última semana de férias do Gui, infelizmente eu fiz menos coisas com ele do quê tinha planejado. Mas como temos um carro só e fiquei sem dirigir 30 dias depois do parto e depois ele pegou uma virose, ficamos mais tempo em casa. Também sem uma pessoa pra me ajudar na rua, as saídas tem que ser mais curtas, afinal ele é grandão mas ainda se comporta como um bebê em algumas situações, e contornar tudo isso sozinha, mas as horas intermináveis de amamentação, não é fácil. Mas temos nos virado!
- Falando em final das férias, o Gui não tem se mostrado muito animado pra recomeçar na escola não. Acho que teremos uma semana bem difícil lá na escola, mas pelo menos não mudam os coleguinhas, só mudam as professoras.
- A partir da semana que vem começo meu plano de estudos, espero conseguir me dedicar umas 3 horas por dia para tentar passar num concurso e assim, conseguir sair da KGB, que não tem nada mais a ver comigo.
- Semana que vem também começo a luta pela procura da babá "quase perfeita" pra ficar com a Ciça. Assim eu poderei estudar melhor e também ficar mais descansada e menos rabugenta!!!!
- A Ciça é uma fofa, dorme super bem à noite e também tira longas sonecas de manhã e à tarde. É bem segunda filha mesmo, não dá trabalho, só chora quando está com fome e mesmo assim, quando está varada de fome, senão só resmunga. Ela é bem espertinha, já deixa a cabecinha toda durinha e fica encarando a gente quanto está no colo. Também já ensaia umas risadinhas que nos deixam morrendo de amores.
Diferente do Gui, está só no leitinho materno e tem engordado bem, estou orgulhosa de mim mesma com esse lance da amamentação, uma vez que com o Gui foi tudo tão sofrido.
- O Gui não melhorou muito da "crise da irmã" e tem me esnobado bastante. Aliás, tem me ignorado totalmente, ando me sentindo muito rejeitada por ele, pra tudo é o papai e eu virei a megera chata que dá broncas e tudo mais... triste isso... Tenho trabalhado a minha cabeça, mas fico bem triste ainda...


Bom, acho que é isso... deixo pra vocês duas fotinhos dos meus anjinhos no momento mais gostoso do dia, a sonequinha...

24 de jan de 2011

A Virose

Na segunda-feira passada o Gui acordou com febre e permaneceu assim, até quarta-feira, intercalando Novalgina e Ibuprofeno de 4 em 4 horas... Eu que já andava enlouquecida com um menininho ciumento, fiquei mais doida ainda com um menino manhosinho por conta da febre.

O quadro ficou assim até quinta à noite, quando uma tosse apareceu e me deixou muito apreensiva, às 11 da noite mandei uma mensagem pro Pediatra e ele pediu que eu o levasse no dia seguinte para examinar. E ai parece Lei de Murphy, porque foi só falar com o médico o mocinho melhorou e voltou a correr pela casa. A febre continuou até o sábado, mas tudo muito mais ameno.

Com tudo isso passei uma semana hiper tensa, cansada e dormindo muito pouco. Perdemos um piquenique super legal marcado com a Paloma e quase não fomos ao aniversário da amiga/prima no domingo.

Hoje tudo está bem melhor, ele já se alimentou bem, correu de manhã no parquinho e à tarde também brincou de pular e correr debaixo do bloco.

A pequena graças à Deus não pegou nada! Santo leitinho materno!!! Mas com isso o meu pequeno, não tão pequeno mais, ficou super agarrado com o pai, e a mamãe aqui ficou carente do filhão...

Ainda estamos trabalhando nisso, porque infelizmente não posso estar com ele sempre que demanda, afinal, tenho uma mocinha pregada no peito quase que o dia todo!!!! (assunto pra outro post)

18 de jan de 2011

E os dias vão passando

É engraçado como as coisas com o segundo filho são diferentes. O bebê é mais calmo, as neuroses de mãe são bem menores e as visitas também sãouito mais escassas.
Se na gravidez do Gui eu já amarguei um esquecimento básico pelos amigos, dessa vez a coisa é bem pior. Nem as visitas de praxe nós temos recebido, se não fosse a minha irmazinha querida vir passar umas tardes aqui comigo e a minha comadre me convidando pra uns programas criança nós estaríamos totalmente sozinhos.
Ok, eu sei que a vida não é licença maternidade pra todos, mas pelo menos algum telefonema né!
Enquanto isso aqui no QG da Familia Marins temos tido um rapazinho doente, com febre, e uma menininha que vai aprendendo a dormir à noite e a mamar com intervalos maiores.

4 de jan de 2011

A louca vida da mãe de dois...

Depois de alguns dias sem conexão, tendo só o celular como ponto de ligação com a Net, retomamos o acesso... Tudo é muito complicado quando se precisa que todos os serviços sejam feitos na semana entre Natal e Ano Novo, não é mesmo?

Digo que retomei o acesso mas não tenho garantias que isso irá ocorrer da mesma forma que ocorria antes, a vida de uma mãe de 2 crianças pequenas (bebês) com apenas uma empregada e com a casa toda dentro de caixas não é nada fácil.

Tenho passado meus dias entre amamentação, intermináveis sessões de DVD infantil e a arrumação da casa. De dormir já abri mão há mais tempo então nem tá fazendo tanta falta assim. Mas coordenar o momento desfralde do mais velho com as mamadas da pequena está punk rock!

Não vou dizer que estou no melhor humor do mundo, mas estou tentando melhorar, ou pelo menos não reclamar a cada segundo da peleja que tá minha vida.

 Não tenho tido vontade de sair de casa, seja pela falta de roupas para vestir, já que todas as minhas não são apropriadas para amamentar, seja pelo medo de não dar conta de 2 no meio da rua. Porque convenhamos, em casa, se a coisa aperta eu posso deixar um andando pelado até socorrer os berros da outra, mas na rua... Não dá, né!

Minha princesa é uma fofa, só come e dorme, o problema é que come a cada hora no máximo e dorme pouco, porque claro eu não podia ter sido "sorteada" com o modelo 2011 de bebê que dorme a noite toda.

O pequeno está mais teimoso que nunca, um misto de momento revolta pela chegada da irmã e as coisas "ruins" aprendidas na escola. Está tão carente que sempre que posso estou no quarto dele vendo filmes e tentando brincar "com uma mão só" enquanto amamento.

O Natal foi bem legal, apesar da Ciça estar bem pequena nós curtimos muito. E foi muito, muito legal ver a carinha de contentamento do pequeno ao receber do Papai Noel todos (e mais alguns) presentes que pediu. Ele pediu o Buzz e a Jesse do Toy Story e nós compramos um boneco muito maneiro, igual ao do filme mesmo, que até fala! Além disso, ele ganhou um carro com um reboque e uma moto, um jogo de traves para futebol, roupa, uma colcha do Relâmpago Mcqueen, um quadriciclo do Homem Aranha, um helicóptero... tantas outras coisas...

A pequena ganhou sua primeira boneca da vovó, roupinhas, presilhas de cabelo e um lindo brinquinho de ouro... Uma mocinha! E me deixou aproveitar bastantão a noite de Natal pois dormiu muito!!!!

No Ano Novo a proposta era uma coisa bem light, porque um bebê de menos de um mês não deve ir à festas de Reveillon, não é mesmo? Mas, a familia do marido chegou de Sampa e minha sogra acabou fazendo a ceia na casa dela, mas no fim, não foi nada demais, todo mundo no auge da falta de animação, com a TV ligada no Show da Virada e à meia-noite os dois meninos choraram, ou seja, nem brinde de Feliz Ano Novo eu pude fazer!!! Foi uma passagem muita atípica, não comprei sequer uma calcinha amarela pra atrair dinheiro e nem uma roupa nova pra passar o ano, dessa vez de novo só os pensamentos mesmo, ou nem isso,já que os pedidos tem sido os mesmos há alguns anos.

Bom, esse é o resumo do último mês, o primeiro da Ciça, muitas emoções e pouco, muito pouco tempo...

Quando der eu volto!

Beijos!

  © Free Blogger Templates Blogger Theme II by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP