24 de fev de 2010

Esperança...

Hoje ia escrever um texto super desanimado, reflexo do meu próprio desânimo com minha vida profissional, com minha falta de perspectivas.

Ai, recebi do grupo de e-mails da hidrográvida, um pedido de oração e conheci a história de uma moça muito lutadora, que apesar de estar com um câncer muito agressivo no pulmão e no cérebro não perde a esperança um só minuto. Fraqueja sim, porque todos somos humanos, mas nunca perde a Fé em Deus.

Amanhã ela fará o parto de seu segundo filho, uma menininha, que nascerá de cesárea, em condições de alto risco e prematura, mas que está vindo nesse mundo já com uma grande vencedora.

Diante dessa história tudo que eu sentia, toda minha tristeza e angústia viraram um monte de besteiras...

Quem quiser conhecer a história da Luciana, o blog dela é este daqui.

23 de fev de 2010

Papai, mámáeeee, shoti e outras palavrinhas mais...

Eu não falo muito sobre isso aqui, porque me prometi não mais reclamar da vida nesse espaço que é para guardar coisas boas....

Assim, tenho passado alguns meses com uma agonia sem fim por não ver o meu pequeno falar. Apesar do Pediatra dizer ser normal e de o pequeno entender absolutamente TUDO que falamos pra ele. Ele já está com 1 ano e 8 meses e até agora quase nada tinha saído de sua boquinha...

Neste feriado sem papai e sem vovós e empregadas falando "bebênhês" com ele, o pequeno foi dando pistas de que todas as angústias da mamãe eram pura bobagem! Primeiro veio "Papáiiii!" repetido várias vezes ao dia e a cada vez que um avião entrava no espaço aéreo à nossa volta.

Depois, veio o "atiiii" (= aqui) pra tudo que era achado. E para felicidade da mamãe, veio "Mamáeeeee" logo em seguida.

Nesta semana outras palavrinhas apareceram no vocabulário do pequeno: shoti (shorts), bade (balde), paqui (parque), baquiar (Backyardigans) para felicidade completa da mamãe-comparadora com os filhos dos outros.

Tem também as outras palavras faladas na língua do bebê, que papai e eu achamos cada dia mais ser Alemão!!!
Náin = não
duch = ????
batch = ????

Espero que os dia venham trazendo mais e mais palavrinhas para que eu possa registrar!!!!!

18 de fev de 2010

A difícil tarefa de trabalhar...

Pois é, quarta-feira de cinzas chegou e com ela a necessidade de voltar ao trabalho.
A cada dia que passa fica mais e mais difícil voltar à KGB para trabalhar todos os dias, são só coisas chatas, é só exploração e nada de recompensas (financeiras ou não tá!)
E saber que eu e o meu pequeno ficaríamos tão bem juntos durante o dia todo tem me partido o coração... Não seria muito melhor ficar com ele e ajudá-lo a crescer????
E daí eu chego pra trabalhar e ainda tenho que lidar com muitas "antas de rodinha" pela minha frente, todos os dias... Ai, ai, porque as coisas não mudam radicalmente por aqui????

14 de fev de 2010

Programação intensa!!!!!

Parque, clube, festa de aniversário, baile de carnaval... e haja energia para acompanhar esses pequenos!!!!

12 de fev de 2010

Noites silenciosas...

Brasília fica deserta nos feriados prolongados. Os "estrangeiros" que vem pra cá só pra ganhar dinheiro vão embora e os brasilienses que querem escapar aproveitam o tempo um pouco maior, já que qualquer prainha fica à pelo menos 12 horas daqui, para fugir.

No passado, mesmo nos carnavais passados aqui anteriormente, nunca notei como a cidade fica silenciosa, não se houve carro, não se houve gente... tanto que a TV está no mínimo e na minha percepção continua alta!

Estar sozinha em casa e não ter com quem conversar parece que aumenta esse silêncio... E a TV ainda não colabora, você paga pra ter cento e tantos canais e não passa nada!!!!

11 de fev de 2010

Da série: Não basta ser pobre, tem que chover no Feriado...

Passamos dias terrivelmente quentes no quadradinho. Dias totalmente incomuns para a época do ano, essas coisas de El Niño e La niña...
E ai, agora que vou ficar 4 dias inteiros com o pequeno de folga, e podendo curtir um monte, o tempo dá sinais de que vai virar e que muita chuva está vindo por ai...
Daí eu me pergunto: já não bastava o marido estar na Disney e nós aqui, ainda teremos que passar 04 dias passeando de Shopping em Shopping correndo da chuva???

10 de fev de 2010

Maternidade em tempo integral - uma experiência de 12 dias

Pois é, o marido viajou e estamos sós, eu e Gui, no quadradinho, nos fazendo companhia nesses dias nem tão bonitos assim...

A rotina tem sido assim:

05:30/06:00 - Vai até o quarto para levar a mamdeira ao pequeno... voltar pra cama (ou trazê-lo pra minha cama) e dormir inquietamente até as 07hs;

07/07:40hs - Corre pra trocar a fralda e não deixar de mostrar o caminhão de lixo para o pequeno ( o lixeiro agora dá tchau pra ele todos os dias!). Esperar a empregada chegar para poder tomar banho e me arrumar para o trabalho

08:15/08:30hs - Tomar café e brincar de bola ao mesmo tempo. Tentar fazer o pequeno comer alguma coisa entre a uva, a bisnaguinha com requeijão, o biscoito cream cracker e o suco de laranja com mamão. Entre tantas opções, alguma vai agradar!

08:40/09:00hs - Pegar tudo, sair correndo, colocar o pequeno no colo e descer as escadas de salto alto carregando o "chumbinho", entrar no carro, fazer "bibi" pra ele e sair correndo pro trabalho.

09/12:30 - Trabalhar, trabalhar, trabalhar. Muitas reuniões, muitos e-mails e nenhuma disposição

12:50/13:45 - Comer enquanto brinca de qualquer coisa com o pequeno, em seguida brincar de bola na varanda, mostrar as Vans na janela e convencer o pequeno de que mamãe vai trabalhar mas volta logo!

14:00/18:30 - Trabalhar, trabalhar, trabalhar. Muitas reuniões, muitos e-mails e nenhuma disposição

18:30/18:50 - Correr e correr, largando o trabalho de lado e correndo para render a babá/empregada que vai embora às 19hs.

19:00/21:00hs - Brincar, correr, ir ao parquinho, ver os ônibus, até que o pequeno pegue no sono...

21:01 até quando não conseguir mais segurar o sono - Tentar relaxar, ver os e-mails, escrever no blog, falar com o marido pelo telefone e achar que deveria fazer muito mais apesar de não ter parado nenhum minuto sequer no dia.

5 de fev de 2010

Desaparecida...

Eu sei, eu sei... Solto um post dizendo que odeio o abandono e sumo daqui, né! Mea culpa, Mea culpa!!!!

O concurso foi esse domingo, um dia todo de provas e uma pessoa acabada fisicamente no final do dia. A prova foi dificil, não tenho esperanças quanto ao resultado, de tudo isso ficou a certeza de que eu tenho que estudar MUITO MAIS!!!

Tantas coisas pra contar, não sei nem por onde começar...

Tenho trabalhado demais e mal tenho tempo de checar meus e-mais pessoais, virei a "bola da vez" lá na KGB, sou requisitada para 35mil reuniões por dia, além das atividades "gincana" que rolam por lá. Piração total.

Esta semana e a outra (sim no Carnaval) o marido está viajando para o exterior. Resolvemos não ir juntos porque a viagem com o pequeno seria punk, muito punk, além da grana... (enfim, esse é assunto para outro post) Vou passar 12 dias cuidando sozinha do pequeno e sem folga no trabalho, ainda bem que a partir da quarta-feira de cinzas a babá volta a ativa e eu fico mais liberada.

Estou com um problema no joelho direito, desgaste da cartilagem da patela... putz, doença de velho! De tanto carregar o chumbinho!!! Tratamento: antinflamatório e depois atividade física. Dai eu me pergunto: QUANDO é que eu vou conseguir fazer alguma atividade física, se há apenas 2 dias eu consegui dormir uma noite toda? Realmente não sei, mas tenho que tentar.

Tenho me arrependido diariamente por não ter colocado o Gui na escola esse ano, tenho acompanhado várias "amigas de blog" nesse momento tão legal e delicado e fico achando que o meu filhotinho já está pronto pra isso. Mas fico com medo de tudo isso também ser transferência minha já que sempre amei a escola! Mas realmente acho que o pequeno precisa de mais atividades na sua rotina diária, ficar só em casa e descer para o parquinho, uma ou duas vezes no dia, não está bastando pra ele. Estava procurando uma natação, mas é triste ver que as academias só tem natação para bebês de mães desocupadas, pois os horários são os piores possíveis pra quem trabalha, ou às 10 da manhã ou às 3/4 da tarde... Como eu faria para levá-lo? E além de tudo, ainda tenho que entrar na piscina com ele, então inviabiliza ir e voltar ao trabalho...

Bom, acho que por enquanto é só, prometo não sumir novamente, voltarei , eu juro!!!!

  © Free Blogger Templates Blogger Theme II by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP