8 de mai de 2007

Os efeitos da doação

Foram 30 dias muito cansativos, muito tensos e muito tristes, mas que passaram...

Passaram mas deixaram uma "rebordosa" terrível em mim. Estou como se não tivesse energia para uma só risada, como se não pudesse parar para uma caminhada no parque ou mesmo fazer o quê tanto amo, que é cozinhar!

Conversando com uma amiga, ela disse: " Você se doou demais, agora precisa receber um pouco para se recuperar." Será???

Será que a doação tem esses efeitos? Será que a gente tem um nível máximo de doação e se ele chegar ao fim a gente se esgota???

Estou terrivelmente carente, precisando agora de um colo, de um carinho e na verdade ainda não posso ter nada disso e ainda tenho que lidar com as outras pessoas...

Beijos,

2 comentários:

Milady disse...

Flavinha,não existe esse negócio de se doar demais quando a gente ama alguém... Vc fez aquilo que achou ser o melhor! E o cansaço é resultado de tudo que vc passou, incluindo todas as incertezas, as bobagens que passaram pela sua cabeça,um monte de besteira que te disseram, o medo de acontecer alguma coisa e além disso da enorme sensação de a única coisa que posso fazer é rezar e aguardar! Isso cansa muito! No fim das contas tudo deu certo, mas teu organismo precisa de um tempinho pra curar a rebordosa! fique fria que passa, e precisando estamos aí! Te adoro amiga!POsso até fornecer o colo que vc quer e precisa nesse momento, mas o suporte incondicional vc sabe que tem...

Avassaladora disse...

Obrigadíssimo, Paulinha!!!!!

  © Free Blogger Templates Blogger Theme II by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP