4 de mai de 2007

E agora é correr atrás do prejuízo

Quarta-feira eu voltei ao trabalho, à vida quase normal, e constatei que como o resto da minha vida, a profissional também parou... Nada foi feito desde que eu saí, nada caminhou, nada foi pra frente. Não que eu seja insubstituível, que ninguém é, mas constatei que o comodismo da coisa feita e pronta por outro é o quê reina por aqui.

É triste se deparar com essa realidade inerte que cerca a KGB, ou pelo menos o meu lado da KGB. Onde tudo só aparece nas mesas dos privilegiados e onde nós, os "orelhas", só ficamos vendo a banda passar.

Saudades eu tenho certeza de que eles sentiram de mim, pois tinham pilhas e mais pilhas de papéis na minha mesa, me esperando para o combate. Mas novas perspectivas, novos desafios, esses correram para outros lados, não pra cá.

Esse será um mês correndo atrás do prejuízo, um mês de pagar contas exorbitantes, como a do meu celular que veio com inacreditáveis R$ 300,00 para pagar, de compras a fazer, de presentes à entregar e até de relacionamentos à retomar...

Pretendo ainda fazer uma festa, em algum momento, para comemorar o aniversário, o renascimento, a vitória do maridão e de tudo mais... mas quando... há só Deus e a minha conta vão saber ...hehehehehe

Hoje eu volto pra casa da sogra, vou passar o findi lá, aproveitando a "casa de campo" (é que ela mora longe pra dedéu...) e aproveitando para trazer o marido de volta à vida real, à nossa casa.

Semana que vem prometo que escrevo mais.

Beijos a todos e bom findi!!!!!

2 comentários:

Jôka P. disse...

Flavia, parabéns e bola pra frente.
Coragem e força você tem.

bj!

Kristal disse...

Força na peruca !

  © Free Blogger Templates Blogger Theme II by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP