16 de out de 2007

Senta que lá vem história - Parte 3

DIA 5

Só no último dia São Paulo resolveu nos presentear com um clima típico da cidade, a garoa e o tempinho mais ou menos... Aproveitamos a manhã para "PREGUIÇAR" e arrumar as malas para voltar pra casa. Atividade aliás que me ocupou quase toda a manhã já que tinha que acomodar mais 7 pares de sapatos nas malas que já não vieram muito vazias.

Fomos almoçar na Liberdade e aproveitar para conhecer o bairro e a feirinha. Tinha muita gente e o meu plano de comer sushi autênticamente japonês, já que os Sushimen daqui são quase todos cearenses, foi adiado, porque o restaurante "um garfinho e um cifrão", que indicava pelo guia como dos mais baratos e menos confortáveis, cobrava preços de gente grande... Algo como, R$ 345,00 o barco com 35 peças!!! (Ah, essa mania de buffet de sushi aqui no quadradinho ainda me mata!!! Aqui é caro, mas pelo menos, come-se quanto quer, e isso, para a amante do peixe crú aqui, é importantíssimo!)

Resolvemos sair mais cedo para o Aeroporto, com medo do trânsito da volta do feriado e de possíveis imprevistos. Decisão super acertada, já que a Paulista estava com um trecho fechado para obras, causando um hiper congestionamento em pleno domingão.

O vôo atrasou 2 horas e, o quê era previsto para chegar as 9h00, chegou as 11h30! Mas até que foi bom, pois conseguir ler todo o livro do Veríssimo que comprei na Cultura antes mesmo de chegar no Quadradinho. Voltamos pra casa acabados mas felizes!!!

OBS.:

1) Não tomamos café no Hotel nenhum dia, eles cobravam a módica quantia de R$ 18,00 por pessoa para o desjejum. Como estavamos do lado da PADARIA BELLA PAULISTA, tomamos café todos os dias lá e foi sempre a melhor das escolhas!!!

2) Foi a minha primeira vez em Sampa sem precisar de casacos para sobreviver, e ai, eu ví que na verdade eu preferia ter passado frio, viu!!!

3) Não sei como as mulheres normais, aquelas que precisam trabalhar, andar pela cidade, conseguem fazer isso usando salto, porque todas as calçadas foram projetadas por homens, com aquelas queridas Pedras Portuguesas que soltam todas e deixam enormes buracos pra gente tropeçar! Nunca, nunca vá andar pela Pauliasta de salto... use o bom e velho tênis!!!!

4) Preciso descobrir onde é que se compra roupa boa, bonita e barata em Sampa, pra andar como as paulistanas, lindas e elegantes... Alguém tem a dica???

5) As fotos, bom, esse é um caso a parte, o marido definitivamente é um péssimo fotógrafo e só fotografa coisas, pessoas nunca, então, tenho meia dúzias de fotos que já já estarão no Yahoo...

Beijos,

Um comentário:

Leiloca disse...

Poxa, tem um restaurante na Liberdade é que rodízio e cobra acho que 35 reais por pessoa. Nunca fui lá, mas dizem que é bom.
Amo a Bela Paulista. Se pudesse, tomava café da manhã todos os dias lá.
Quando vim pra Sampa parei de umar salto por causa dessas calçadas e tb por causa das ladeiras.
Que bom que você aprveitou a sua estada aqui.
Beijos

  © Free Blogger Templates Blogger Theme II by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP