26 de fev de 2012

Eu não quero um amigo, quero apenas um parceiro de tênis!

Certa vez meu compadre me contou uma conversa que teve com um amigo estrangeiro, lá do Leste Europeu, de um país que não me recordo mais qual é, que me deixou muito intrigada com o modo de viver e se relacionar desses povos e pensando nas diferenças brasileiras da coisa. Explico:

Esse amigo, recém separado, procurava um parceiro para jogar tênis aos sábados à tarde, sem muito sucesso. Meu compadre, com a melhor das intenções, "ofereceu" meu marido como parceiro, já que ele joga Squash (tá eu sei que não é a mesma coisa! Mas facilita o aprendizado já saber bater na bolinha!!!) e é um cara legal, divertido... etc... e todas aquelas qualidades que a gente sempre enautece quando vai apresentar uma pessoa pra outra.

Daí, esse amigo diz a ele, na sua forma mais direta que um europeu sabe ser: "Ora Cris, eu quero um parceiro de tênis e NÃO um amigo!"

Por quê essa história veio à minha cabeça justo agora? Porque estou tentando organizar o aniversário da Ciça, sua festinha de 01 ano tão merecida e  esperada, e não consigo fechar a lista de convidados de jeito nenhum. É tanta a minha vontade de juntar os MUITOS AMIGOS que eu fiz e venho fazendo ao longo da vida, que meu número limitado de convidados não comporta todos eles.

Só pra essa festinha eu queria poder ser como o amigo gringo do meu compadre, e não ter tido tantos amigos e só parceiros do Tênis!!!!!

Beijos,

Um comentário:

Maria Betânia Fuller disse...

Hahahahaha extamente assim são os europeus, senti a maior tortura da minha vida quando organizei uma festinha para meu marido pois não tinha quem convidar, ele não tinha amigos, em toda sua vida fez apenas duas amizades, e as duas atualmente com histórias afastadas... Tão de diferente de mim que por passei nesta vida construi amizades que são para mim um agrande família. Acabei de descobrir seu blog e irei desbravar ao máximo hahahah Parabéns. Bjao

  © Free Blogger Templates Blogger Theme II by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP