29 de set de 2009

Ainda sem fotos...

Ainda não consegui baixar as fotos, porque na verdade, como mudamos de computador e no meu novo "trocinho" não tenho o Picasa, dependo do "help desk" do marido pra isso. Mesmo assim, resolvi escrever sobre a viagem para ver se mata o tempo dessa tarde quente no quadradinho.

Viajamos na terça ao meio-dia, mas como na segunda foi feriado na KGB (é o início do Ramadã, povo!!) já entrei no clima "férias" logo na sexta anterior. Foram vários preparativos para a viagem: depilação, cortar o cabelo, comprar protetor solar, procurar bóia de braço pro pequeno e no meio de tudo isso, uma ida básica à Polícia Federal para tirar o passaporte do baixinho, pra variar uma correria danada!

Para o meu completo desespero o marido resolveu trabalhar ainda no dia de viajar, e com o vôo saindo ao meio-dia, ele me chega em casa às onze horas e nos fez voar para o aeroporto, coisa que eu odeio!

Embarcamos imediatamente, graças à bendita fila preferencial, e conseguimos assento na PENÚLTIMA fila do avião. O vôo lotado, com várias criancinhas a bordo e com muitas pessoas do Congresso que o marido ia. O pequeno dormiu metade da viagem, acordou faminto e sedento, comeu morangos que a mamãe previnida tinha levado na sacola e morreu de tomar suco de caixinha (pela primeira vez na sua vida!). O avião balançou muito no pouso e o coitadinho passou mal, sujando a camisa do papai... tadinho.

Em Natal um calor surreal mas com um ventinho salvador. Chegamos ao hotel e tive que aguentar a primeira crise do marido, que embirrou com o hotel que não tinha GAVETAS no armário para colocar as roupas dele. É, ele tem o hábito de tirar tudo da mala e colocar no armário do quarto e isso foi motivo para trocarmos de hotel...

Passei o fim da tarde de terça e a manhã de quarta ao telefone (e sem ir à praia!) fazendo a troca de hotéis, pra no fim de tudo isso ainda ouvir reclamação do marido sobre o novo hotel... quase mandei para aquele lugar!!!!

Depois do furacão, passei a tarde com o menino na piscina do hotel, brincando e comendo besteirinhas enquanto esperava os avós dele chegarem e o marido terminar o dia no tal congresso.

A primeira noite fomos jantar no restaurante CAMARÕES POTIGUAR, que indico fortemente para todos que forem à Natal. Além da comida ser maravilhosa, o atendimento excepcional, o precinho é justo!!

Bom, por hoje é só, tá comprida essa história, vou dividí-la em dois post!!!!

Nenhum comentário:

  © Free Blogger Templates Blogger Theme II by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP